Ilópolis

Ilópolis é conhecida como a cidade da erva-mate e da ecologia. A mata nativa com seus ervais, a gastronomia, os filós e o patrimônio preservado, por meio da arquitetura italiana das casas construídas pelos imigrantes no início do século XX, fazem desse local um município de cultura viva. A produção de erva-mate está no sangue da maioria dos ilopolitanos. Desde a chegada dos primeiros imigrantes, os ervais tomaram conta das propriedades.

Atualmente, Ilópolis é considerado o maior município produtor de erva-mate do Rio Grande do Sul. Na cidade, as etapas da fabricação da erva-mate são mostradas na ervateira Ximango, desde a chegada da matéria-prima, a secagem nos fornos gigantes até o empacotamento.O chimarrão, bebida típica da região, acompanha o passeio. Ilópolis também realiza a cada dois anos uma festa para celebrar a produção, a Turismate. No Parque do Ibama, o roteiro turístico-cultural da Reconstrução do Processo Histórico da Erva-Mate evidencia réplicas de equipamentos, imóveis e instrumentos utilizados na produção.

O circuito também leva até o quiosque da Praça Itália, onde são comercializados os diferenciados tipos de artesanato e encontra-se o Centro de Informações Turísticas. Para os apreciadores da natureza, o passeio continua pela Cascata da Baleia, onde está a trilha composta por uma escadaria natural de 225 degraus e segue até o Lago Verde, um dos mais belos cartões-postais locais.

O passeio também mostra admiráveis registros da imigração italiana, do começo do século passado, por meio de habilidosas construções de madeira. Um dos destaques é o Moinho Colognese, construído em 1917, onde está o Complexo Arquitetônico Museu do Pão. O conjunto conta, além do Moinho e do Museu do Pão, com a Escola de Panificação e a Bodega. A obra, restaurada e em funcionamento, de magnitude arquitetônica e cultural, foi erguida no centro da cidade. O espaço registra desde a história do pão, numa linha do tempo com equipamentos utilizados no plantio de grãos e na elaboração do alimento, até a produção na Oficina de Panificação, onde são ministrados cursos por profissionais especializados.

Na Bodega, os atrativos são a degustação das iguarias feitas na oficina. A religiosidade está presente no trajeto, com a visita ao Santuário São Paulo Apóstolo, o primeiro dedicado ao Santo no mundo.

O município também proporciona momentos de lazer para quem busca fugir da rotina. Nas propriedades rurais, a acolhida torna o passeio agradável e o contato direto com a natureza, o cardápio da culinária italiana e os produtos à base de erva-mate agradam paladares e surpreendem com novos sabores.